Praias no Espírito Santo

Planejamento de viagem: Veneza!




   Veneza é uma das cidades mais visitadas da Itália. Digo que ir para Veneza é um sonho, e voltar, é um privilégio dos deuses. Eu tive esse privilégio e pude conhecer esse pedacinho tão disputado da Itália, com mais calma.


  Veneza fica localizada na província de Veneto, no nordeste da Itália, e é muito conhecida por seus canais, museus e histórias milenares nas quais muitos povos foram influenciados por suas leis. Ela se tornou uma potência comercial no século X, quando sua frota já era uma das maiores da europa. No século XII, a cidade se tornou uma república e no XVII, foi tomada por Napoleão. Só em 1866 que ela foi incorporada ao reino da Itália. A República de Veneza abrangia o nordeste da Itália e boa parte das ilhas do Adriático e da costa oriental da península.
   Quem tiver oportunidade de conhecer a Croácia, vai perceber de perto a grande influência da República de Veneza na cultura do país como no vestuário, arquitetura e navegação.



   Ela é classificada como Patrimônio da Humanidade pela UNESCO e seu patrono é São Marcos, mesmo nome que foi registrado a uma das principais atrações do lugar: a Basílica de São Marcos, além da Praça de São Marcos.
Melhor época para visitar Veneza?
  Dizem que toda época é época para visitar Veneza. Já eu tenho minhas dúvidas caso queira visitá-la durante o outono e o inverno. Nessa época, há o famoso fenômeno Acqua Alta, onde ocorre um aumento considerável do nível da maré no norte Adriático, causando inundações em alguns lugares de Veneza.
   Bem, se formos considerar que a cidade já fica lotada de turista e ter que driblar não só as pessoas, como a água também, sei lá, prefiro visitá-la na primavera-verão.



Como chegar a Veneza?
   Há muitas opções para chegar lá, como: avião, barco, carro e trem. Vamos dizer que você pode escolher o modal logístico que mais lhe for conveniente, depende do custo x benefício de cada um.
MAPA DO GOOGLE: AEROPORTO ATÉ O TERMINAL MAIS PRÓXIMO DO VAPORETO.
MAPA DO GOOGLE: TERMINAL DO VAPORETO DA FERROVIÁRIA ATÉ A PRAÇA SÃO MARCOS.
   Quem chega de avião, barco ou trem, não tem a mesma preocupação de quem chega de carro. No caso do carro, você precisa se preocupar onde estacioná-lo.
   Na primeira vez que fui a Veneza, a minha hospedagem seria na própria cidade, por isso, precisava deixar o carro em alguma garagem já que não iria entrega-lo, porque continuaria a viagem  pela Itália. Pesquisei informações de como estacionar em Veneza e encontrei links de garagens que alugavam vagas temporárias. Na época me disseram que seria melhor fazer a reserva previamente pela net, e foi o que fiz.


VENEZA: CANAL GRANDE
   As garagens ficam localizadas após a travessia da ponte para chegar ao terminal principal de vaporetos (transporte público aquático) para Veneza. Assim que me aproximei perto das garagens, me deparei com filas quilométricas de carros que não tinham feito reserva e estavam aguardando a liberação para entrar. Naquela hora eu pude ver como é bom fazer um planejamento de viagem antes dela se iniciar.
   Há muitas opções de garagens e na época escolhi uma que ficasse mais próxima do terminal dos vaporetos e que fossem em conta. Não vou te enganar não, a estadia é cara para quem tem o real (Brasil) como moeda. Sempre quando vamos converter para euro, dá aqueles cinco segundos de surto total na mente.. kkkk...


ESSE TERMINAL DO VAPORETO FICA PERTO DO TERMINAL DE ÔNIBUS
   Bem, essa opção do carro é para quem vai seguir viagem após Veneza. Alguns amigos me perguntaram por que eu não entreguei o carro e depois de visitar Veneza, o pegaria de volta. Por dois motivos:


  • Primeiro porque eu estava vindo da Áustria e o carro foi alugado fora da Itália, na Alemanha;
  • Segundo motivo, o aluguel de carro na Itália é absurdamente caro e compensava deixa-lo parado alguns dias em uma garagem.
  Sugiro que façam uma planilha de custos para comparar preço de aluguel de carro na Itália e valores para deixar o carro parado por alguns dias. Cada caso é um caso e depende da relação custo x benefício na época da viagem.




   Na minha segunda vez, fiz algo diferente. Eu ainda estava viajando de carro, mas agora, fiquei hospedada em Mestre, cidade próxima de Veneza.
Onde se hospedar em Veneza?
   É impressionante como a estadia em Mestre é mais barata do que em Veneza. Fiquei boba quando fui pesquisar hotel e fiz reserva em um com estacionamento, que geralmente sai mais caro.

# Procurando hospedagem em Mestre? Clique aqui para checar algumas sugestões.


MAPA DO GOOGLE: DE MESTRE PARA VENEZA
   Vai do gosto de cada um a opção da hospedagem e a única coisa que tenho certeza: é que não ficaria mais hospedada em Veneza.. kkkk... O hotel que fiquei em Mestre, além de ter estacionamento, era bom, bonito, barato e muito bem localizado. 

# Sua primeira vez em Veneza e procurando hospedagem em Veneza? Clique aqui para checar algumas sugestões.


O ônibus que vai pra Veneza passava na rua dele e parava em um ponto perto do hotel, além da comodidade de ter comércio perto dele também. A economia foi significante e pra mim, valeu a pena.




   Mas é lógico que tirei essa conclusão porque já tinha pernoitado em Veneza e vivenciado o glamour de ficar andando pelas ruelas até altas horas da noite. Caso fiquem em Mestre, não aconselho chegarem ao hotel muito tarde, porque as ruas ficam desertas e ouvi casos de assalto envolvendo turistas.

Melhor forma de se deslocar em Veneza?
   Sem sombra de dúvidas é a pé e através do vaporeto, transporte público aquático do lugar, que pode ser utilizado inúmeras vezes através de bilhetes válidos para 1, 2, 3 ou 7 dias. Clique aqui para checar os preços.

   Mas há as lanchas particulares (taxis aquáticos) para os que quiserem se deslocar de forma rápida e conveniente, sem enfrentar filas e apertos dentro dos vaporetos. O custo delas é bem mais alto e aí, vai depender do bolso de cada um. A minha viagem pelos canais de Veneza foram através das inúmeras linhas de vaporeto que paravam em pontos específicos, foi tão divertido!



LINHAS DO VAPORETO
   Para os marinheiros de primeira viagem, fiquem atentos, pois vocês vão esbarrar com muita gente por lá. Se não conseguirem abstrair a multidão pela frente, talvez possam ter aborrecimentos desnecessários durante a visita.
   Eu sempre mexo com amigos que consegui tirar uma foto automática perto da Ponte do Rialto sem ninguém em volta. Um milagre!.. kkk.. ainda mais por ter sido programada pela máquina no tempo de 10 segundos... muitos passaram pela minha frente e quando ela bateu, o milagre aconteceu.. kkkk... estava sozinha na foto.. uhhuuuu!


VENEZA: FOTO TIRADA PERTO DA PONTE DO RIALTO

O que fazer em Veneza?
   Há uma infinidade de coisas pra fazer em Veneza, como visitar museus e igrejas; andar pelas ruelas, praças e gôndolas; conhecer as ilhas e praia.. etc, que talvez seja interessante você iniciar sua aventura fazendo o que mais gosta, listando prioridades.



   No meu caso, me senti um pouco perdida em listar os museus que gostaria de visitar, porque são muitos e o tempo era curto.
   O que me ajudou a decidir nessa hora foi o VeniceMuseum Pass: sai bem mais em conta visitar os principais museus com ele, mas ele só vale a pena, caso você fique pelo menos dois dias inteiros na cidade. Na minha primeira visita, fiquei 4 dias inteiros.
   Detalhe: esse passe não dá direito a todos os lugares, então fique atento nos que gostaria de visitar pra analisar se vai valer a pena pra você também.

   Acredito que esse post poderá ajudar muitos marinheiros de primeira viagem. Seria ótimo se eu pudesse ler algo assim antes de ter visitado Veneza pela primeira vez.


  Espero que tenham gostado das dicas e sugestões e qualquer dúvida, me enviem perguntas que eu respondo.


   Farei novos posts para listar com detalhes os lugares que visitei em Veneza. Até breve!



2 comentários:

  1. Meravigliosa Venice !!!!
    Mi piache !!!
    Bacci nel cuore !
    KB

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também amo essa linda cidade! Há tantas opções de lazer e turismo que você teria que ficar meses pra conhecer tudo kkkk ja fui 2x e quero voltar sempre quando puder.

      Excluir

Obrigada por sua mensagem!